• Fabiana Milanez

ENTRE O AMOR E O MEDO

Entre o amor e o medo, qual caminho você escolhe?

Então você me responde: "Mas medo não é o oposto de amor".


Eu acredito que medo é a ausência de amor e talvez seja difícil dar significado à palavras e questões tão profundas.


Talvez não tenha um único significado, entretanto, o que tenho vivido me mostra algumas pistas que compartilho com você:


O caminho do medo é evitar tocar em nossas feridas e continuar usando máscaras,

O caminho do medo é desprezar as nossas necessidades e as necessidades do outro,

O caminho do medo é manipular e chamar essa atitude de cuidado,

O caminho do medo é desrespeitar a vontade do outro e não deixar ir,

O caminho do medo é julgar e não olhar para si,

O caminho do medo é guardar mágoas, sentir culpa, sentir raiva sem ouvir o que esses sentimentos estão gritando,

O caminho do medo é adoecer porque esses sentimentos não foram trabalhados,

O caminho do medo é estar em todos os lugares menos no aqui e agora.


O caminho do amor é o caminho da liberdade de Ser,

O caminho de se olhar de frente, de lado, de ponta cabeça , de se desnudar,

O caminho do amor é compartilhar os sentimentos,

O caminho do amor é enxergar o outro,

O caminho do amor é o caminho de uma comunicação clara,

O caminho do amor é ter curiosidade,

O caminho do amor é se aventurar em descobrir o novo,

O caminho do amor é não ter dúvida,

O caminho do amor é o caminho da união, da integração.


E se mesmo assim, o medo for sua escolha hoje.

Desejo que você coloque um pouquinho de amor nesse caminho porque o amor é nosso único destino.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo